domingo, 10 de dezembro de 2017


E passou o resto de 2015... 2016 inteiro se foi e também 2017(por estar quase no fim) ... como assim nenhum escrito tem saído daqui? Na verdade, foram vários escritos arquivados... várias anotações e notações... muito aconteceu... e algumas ex-futuras pessoas deixaram de existir.

Assim como em 2011, aconteceu novamente em 2016 e 2017... muito venho me perguntando ... o porquê de tudo isso... será que não estou preparada? Será que ainda não tenho essa maturidade necessária? Ou será mesmo que não nasci para isso?

Essas são algumas das perguntas que aleatoriamente que saem de minha cabeça. Não aguentarei mais uma perda... minha mente não aguentará... meu esposo e eu estamos tomando as devidas providências para saber a razão... talvez o problema seja eu mesmo... vamos ver no que vai dar.

Por toda essa ansiedade e esperança, minha vida virou de cabeça para baixo... e uma coisa me acompanha repetidamente durante todas as noites; INSÔNIA!!!

Não é fácil ver todos dormindo, inclusive a cachorrinha, e você vendo o sol nascer. Aqui estou eu em plena 2:30 da manhã tentando dormir... fiz o ritual do leite quente... das meias mornas... do banho aromático relaxante... tomei relaxante...e inxalá e pê pê ô e cadê o sono? Cadê a inconsciência do sono?

Chamo tanto esse tal de sono que, aos poucos, a memória dele tem desaparecido de minha mente...
Fazer o que?

Ana Raquel Melo Cutrim

terça-feira, 28 de julho de 2015

é assim mesmo... à felicidade


Outrora estava eu pensando (não diferentemente de sempre) em como a vida é um encaixe perfeito, é como se tentássemos plugar as peças várias vezes até conseguir aquele encaixe fenomenal.

Pois bem.

Muitos pensam que a felicidade está no ambiente, nas pessoas com quem convivemos,nos lugares por onde andamos ou, até mesmo, nas oportunidades que surgem.

Por muitas vezes, quebrar a cara, posso ate dizer por tentar plugar e achar o encaixe perfeito em mim mesma, afirmo que, para mim (ja que para cada um acontece intimamente diferente, pelo menos eu acho) essa paz interior vem do encontro pessoal consigo mesmo... vem do "se auto conhecer-se".

A felicidade vem de dentro de você... vem do que você pensa de você... vem dos seus planos e projetos para que seu plano se concretize.

Digo, ainda que, a felicidade vem do seu amor fati. Não falo do amor fati referido ao Cristianismo onde devemos aceitar o destino (até pq não acredito em destino, né). No entanto, é mais parecido com o no estoicismo e o de Nietzsche (aceitação integral da vida e do destino humano mesmo em seus aspectos mais cruéis e dolorosos - aceitação que só um espírito superior é capaz)...sim!!! Somos um espirito superior... mas não aceitamos qualquer destino e nem a dor doer sem ser sarada POR COMPLETO!! Nós fazemos com que nosso destino aconteça.... nos traçamos nosso futuro.

Se tem alguma dor a doer, ela vai doer... mas um dia passa... nunca ninguém se isenta da dor... a dor faz parte do crescimento... do aprendizado.... aceito a dor e a crueldade. Mas logo penso "o que posso fazer para mudar isso? O que posso fazer, como ser superior, para que essa dor se transforme em sorriso?"

Amo meu destino... amo o destino que criei para mim mesma. Transformar o “foi assim” em “eu quis assim” dá um sentido próprio ao que aconteceu.

Eu sou feliz! :)

Ana Raquel Melo Cutrim

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Amores vão, Amores vem. Se um ficar Não é da conta de ninguém!!!

segunda-feira, 27 de maio de 2013

insônia

mais um sol já foi posto/ mais um dia foi passado/ mais uma vez em meu regalo/ à espera de um abraço/ abraço esse que dê deleite/ abraça forte, abraça conforto/ vem agora, vem .../ onde estás?/ de onde vens?/ estou à espera/ não demora!/ não me deixe esmorecer,/ não me deixe logo aqui/ não me deixe assim tão só/ QUE ESTOU QUASE PRA DORMIR!!!!!!!!/ BOA NOITE

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Ano novo vida nova?

Dizem que, quando um ano novo chega, a vida nova tambem chega,.. será que é assim mesmo? Eu em minha sã consciência acho que nao... ano novo: tudo se repetindo de novo... porra!!! será o benedito?? Mulher é bicho besta mesmo... POis bem...ninguém me entende mesmo... vou contar desde o inicio... Tudo começou quando eu conheci esse tal de Junior... Rapaz muito gente fina... me senti momentaneamente segura ao estar com ele. Ele me leva a lugares legai, me apresenta os amigos, me leva a lugares sociais. E isso é suficiente? Deveria ser, ne? Mas depois e uma tal inventada decepção, tudo mudou... tudo tem que ser comprovado e comprovado novamente... ainda mais depois de tudo o que eu ouço...temto não "ouçar". Pois bem.. tudo começa numa segunda feira, dia 14 de janeiro de 2013, quando meu amado Junior diz que vai visitar uma amiga chamada Amanda que fazia tempos que ela chama ele para conversar... eis que ele me solta tempos atras que ela mora só e é mulher independente (nao que eu seja contra tudo isso... adoro me relacionar com mulheres independentes... mas nao me sinto a vontade que o homem que eu gosto se relacione com mulheres independentes, assim como eu sei que ele nao gostaria que eu me relacionasse com homens independentes que morassem so)... pois bem... issso aconteceu... ele foi...e foi conversar... Nao pensei nada além da conversa... porém, minhas amigas perguntaram aonde estava o rapaz de quem eu tanto falava e parecia estar tão apaixonada e eu falei que ele foi atender a um pedido de uma amiga que queria conversar... elas começaram a me interrogar quem era... se eu a conhecia... se eu sabia coisas dela... com quem ela morava... se ela era de confiança... a partir daí, tudo começou a fluir em minha mente... Puxa vida... O relacionamento estava um MAR DE ROSAS... fazia tempo que nao me sentia assim... e tudo de ruim começou a minar devido a o que eu tinha ja vivido anteriormente ... divisao de coisas indivisíveis... Acho que nesse aspecto sou beeeeemmmmmm "canhenga"... nao gosto de dividir esssas coisas... mas esse pensamento passou... coisa da cabeça das minhas amigas que colocaram dentro da minha própria cabeça: coisa que nunca tinha acontecido... sempre tive minha própria opinião com relação a isso e nunca pensei maldade... Se bem que o dia do nunca chegou... depois d emuito tempo sem pensar em tal assunto, eis que hoje, nao sei que dia é,... sei que a sexta foi dia 25 e sabado dia 26, veio tudo isso na minha cabeça... nao sei como o assunto veio à tona... sei que falei e lembre e me feriu... perguntei o q ele pensava de eu visitar umanigo independente e talz e citei a tal Amanda... ele nao se justificou e nem nada... so ficou VISIVELMENTE chateado por eu ter tocado no assunto e nem tachu direito me deu ao me deixar em casa e nasa... foi bem frio e grosso com todo o falar direcionado a mim... Aí fica tudo bem mais claro na minha mente: Estou, novamente, dividindo o indivisivel.... :( sem saber o que realmente fazer, Ana Raquel Melo Cutrim

domingo, 11 de novembro de 2012

dois quilos

De que vale o espanto do seu irmão ao chegar de viagem em sua casa e lhe ver dizendo: "tu ta doente? tu estás muito magra!". Oi tudo bom nao foram as primeiras coisas que ele disse. Não me sinto magra assim como ele fala. Emagreci sim alguns quilinhos extra que eu tinha, mas ainda quero perder mais dois. Quero voltar a ser a tão famosa Olívia Palito da escola secundária.... magrinha, magrinha, magrinha :) Por enquanto, para mim está fácil de perder peso sem exercícios físicos.... só mudei minha alimentação e incluí muito mais frutas e saladas... deixei de tomar muito refrigerante e doces e frituras e guloseimas... yummy!!! vontade de dar uma dentada em um chocolate, mas nao vou... tenho auto controle e domínio próprio :) Já consegui me auto domar com relação a chocolate.... me chamavam de chocólatra por não conseguir me controlar em frente ao chocolate... mas agora ja sei dizer não e esperar :) Mais dois quilos é a minha meta. Em breve a terei alcançado :) meu irmão se espantou ao me ver, mas estou feliz com os resultados :)

domingo, 20 de maio de 2012

Esperança de um mundo melhor...

Hoje a bruxa estava realmente solta... Muita coisa louca aconteceu nesse final de semana... Sábado, dia cheio de trabalho e aulas, vi vários acidentes em São Luís... inclusive, infelizmente, um amigo de Laércio faleceu em um deles... Hoje, domingo, indo para missa de 1 ano de falecimento do vovô, uma moto tenta parar o carro que eu estava com minha mãe e cunhada, colocou a moto atravessada na nossa frente e paramos para não matar o "coitadinho" do bandido... ele tentou abrir a porta, ele estava com uma pedra na mão... dava para ver que ele era um bandido não experiente... ficou com muito lero lero e começou a chegar gente e ele foi embora dizendo que iria nos seguir... ficamos desesperadas, ligamos para a policia e, a mesma, como sempre, ineficiente em todos os casos... ligamos para o Papito e ele chegou primeiro que a policia... ainda bem q o cara nao nos seguiu... na verdade, queria que ele nos seguisse para papai poder ter pego ele e levado para alguma autoridade competente o suficiente para dar um jeito nisso... Cada dia eu vejo que quase nao tem mais jeito... a polícia, além de ser ineficiente, tenho certeza que são coniventes com a situação em que a minha cidade se encontra... caos, muito roubo, muita violência, muita falta de educação em todos os setores!!!!! ao conseguimos mais dirigir em paz... vários motoristas nao respeitam a sinalização, nao respeitam leis algumas... que cidadãos são esses?? É... não gosto de reclamar... não consigo mudar essa realidade... tenho mais é que me acostumar com tudo isso... um dia, depois de muita educação na cabeça do povo, após várias gerações, tenho um fio de esperança que tudo isso vai mudar sim... infelizmente não estarei mais aqui para presenciar uma cultura mudada nesse país, especialmente nessa cidade com pensamentos provincianos.... E as coisas boas???? :) Existem sim :) gosto do que faço, amo onde moro... tenho oportunidade de estudar, trabalhar e me divertir em uma proporção não exagerada (às vezes exagero muito no trabalho, mas tudo pelo meu exercício de cidadã e "felicidade geral da nação")... posso ter meu dinheirinho, comprar meu carro, casa, viajar e mais um pouquinho... Aiii... viajar... tão bom! Tenho viajado muito desde 2011... fui para fortaleza, Sao Paulo, Rio de janeiro e suas cidades paradisiacas... dentro do maranhao e fora dele... voltei a exercer minhas atividades turísticas com uma frequencia melhor e que venham minhas férias :) Mal posso esperar... basta trabalhar mais um pouquinho, preparar mais aulas e pronto :) rapinho chego lá :) Fiz minha aula de Kitesurf a noite hoje (pensamento soltíssimo... nada a ver com o assunto)... e meu kickboxing foi deixado um pouquinho em segundo plano... amanha vou voltar a correr com uma frequência continua na praia... pois bem... sono batei, amanha dia de acordar mais cedo do que nunca!

domingo, 1 de janeiro de 2012

Primeiro

Esta mensagem era para ser postada ano passado (ontem), devido ao vuco vuco do ultimo dia do ano, nao o pude fazer.... entao.... escrevi isso em 2007 e acho que foi um dos meus pensamentos que ainda nao ficou obsoleto até agora... vale a pena ler :)

É Natal... é fim de ano... sempre escutamos as mesmas coisas de quase todos os amigos e colegas: saúde...prosperidade...felicidade...amor... dinheiro... e assim vai... é incrível parar pra pensar em tudo isso que escutamos... algo bem mecânico de se dizer e fácil de falar.... é engraçado ver pessoas que não têm nada pedindo coisas simples que para nós é uma mera "besteirinha"... estava conversando com meu irmão sobre isso....e o que vimos no fantástico foi justamente o que mais nos tocou... várias pessoas estavam escrevendo algo para pedir ao papai noel...e uma garotinha pediu simplesmente uma boneca e comida para sua família... nessa cena parei para pensar no que levaria uma criança inocente a pedir comida para sua familia e vi que minha vida era boa demais e que eu reclamo muito do "luxo" em que vivo, luxo este que para mim não significa nada, mas para aquela garotinha seria realmente um pomposo luxo.
Nessa época do ano a cabeça de algumas pessoas mudam... elas ficam generosas, pensam mais no próximo.... talvez eu seja alvo desse sentimento de bondade que se alastra nas festas de fim de ano... mesmo assim, insisto nesses pensamentos. Na realidade existem coisas a serem repensadas:
1 - a primeira coisa é repensarmos nos nossos resmungos do dia-a-dia.... parar reclamar de "barriga cheia", pensar que nossa vida é cheia de coisas negativas enquanto tem outros que sonham com essas "negatividades" que para nós aparentam ser ruins, mas para eles é algo extremamente positivo!
2 - essa é muito importante, talvez mais importante que a primeira: pensar no próximo como nós pensamos em nós mesmos... isso fará com que façamos desse mundo um mundo bem melhor e traremos à tona esse sentimento nobre que nasce no natal e o esticaremos pelo ano inteiro que está por chegar!
Façamos planos de ajudar a quem precisa. Com isso podemos transformar muitas vidas não só com comida, mas também com carinho e afeto.
Feliz Natal e um lindo ano novo (frase bastarda que todos dizem mecanicamente)... prefiro dizer: que a energia do natal possa refletir durante todo o ano que chega...

Vamos detectar nossos erros e reletir sobre eles, para que assim possamos superá-los e extrair deles novas regras de conduta para que sejam atos de bondade e amor para com todos

Esta é minha mensagem de fim de ano!



Ana Raquel

sábado, 17 de dezembro de 2011

anjinhos

"Os ventos que as vezes tiram algo que amamos, são os mesmos que trazem algo que aprendemos a amar... Por isso não devemos chorar pelo que nos foi tirado e sim, aprender a amar o que nos foi dado.Pois tudo aquilo que é realmente nosso, nunca se vai para sempre..." Bob Marley.

http://www.youtube.com/watch?v=hLWH8jtORjY

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Carta de um bebê !

Estou bem, graças a Deus... faz apenas alguns dias que vc m concebeu em sua barriguinha. Na verdade, nao posso explicar como estou feliz em saber que vc será minha mamãe, outra coisa que me enche de orgulho é ver o amor c/ que fui concebido. Tudo parece indicar que eu serei a criança mais feliz do mundo. Mamãe, já passou um mês e já começo a ver como o meu corpinho começa a se formar, quer dizer, nao estou tão lindo como vc, mas me dê uma oportunidade. Estou muito feliz, mas tem algo que me deixa preocupado. Ultimamente me dei conta de que há algo na sua cabeça que nao me deixa dormir, mas tudo bem, isso vai passar, nao se desespere.
Mamãe, já passaram 2 meses e meio, estou muito feliz c/ minhas novas mãos e tenho vontade de usá-las p/ brincar.
Mãezinha m diga o que foi? Pq vc chora tanto todas as noites? Pq quando vc e o papai se encontram, gritam tanto um com o outro? Vcs nao me querem mais? Vou fazer o possível p/ que me queiram.
Já passaram 3 meses, mamãe, te noto muito deprimida, nao entendo o que está acontecendo, estou muito confuso. Hj d manhã fomos ao médico e ele marcou 1 visita amanhã. Nao entendo, eu me sinto muito bem.... por acaso vc se sente mal mamãe? Mamãe, já é dia, onde vamos? O que está acontecendo? Pq choras?
Nao chore, nao vai acontecer nada. Nao se deite, ainda são 2 horas da tarde, nao tenho sono, quero continuar brincando. Ei, O que esse tubinho está fazendo na minha casinha? É 1 brinquedo novo? Olha.. Ei, pq estão sugando minha casa? Mamãe,
espere, essa é a minha mãozinha. Moço, pq a arrancou? Nao vê que me machuca?
Mamãe, me defenda. Mamãe, me ajude. Nao vê que ainda sou muito pequeno p/ me defender sozinho? Mãe, minha perninha, estão arrancando. Diga p/ eles pararem, juro a vc que vou me comportar bem e que nao vou mais te chutar. Como é possível que 1 ser humano possa fazer isso comigo? Ele vai ver só qndo eu for grande e forte. Ai.. mamãe, já nao consigo mais. Ai.. mamãe, mamãe, me ajude!
Mamãe, já se passaram alguns anos desde aquele dia, e eu daqui de cima observo como ainda te machuca ter tomado aquela decisão. Por favor, nao chore, lembre-se que t amo muito e que estarei aqui te esperando c/ muitos abraços e beijos.
Te amo muito.

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX