terça-feira, 18 de janeiro de 2011

DIAS DA VIDA DE VIOLETA (Parte 2)

Violeta, ja cansada de toda situacao e vendo que ja estava ficando velha, resolveu fazer o que deveria ter feito desde o colegial: fez seu intercambio. Foi para os Estados Unidos, ja que seu pai e mae disseram que nao pagariam a ela depois de velha. Ela economizou, vendeu o carro e partiu para um lugar desconhecido. La ela viveu com uma familia. Eram pessoas maravilhosas que somente acrescentaram em sua vida. Violeta vivia muito feliz. Ricardo ligava para ela todos os dias para lembra-la do amor que existia entre os dois, mas que agora so vinha dele, Violeta ja nao sentia mais nada por esse rapaz. Ela sempre arrumava um jeito para terminar de vez, mas Ricardo sempre fazia com que ela ficasse com pena dele. Violeta sofria muito com tudo isso. Ela perdia peso em saber que alguem sofria por ela. Ela chorava, nao queria comer por ter alimentado um amor assim dentro de alguem. Ela nao aceitava a ideia que ela noa amava. Ela tentou por varias vezes voltar a amar Ricardo, mas todos as tentativas foram em vao. Ela entao, resolveu conhecer pessoas novas, mas nunca tinha coragem de conhecer alguem da internet pessoalmente sozinha. Sempre chamava algumas amigas, mas as amigas sempre davam o pe pra tras. Apos 1 mes que Violeta estava nos Estados Unidos, ela conheceu um rapaz Brasileiro pela internet que morava na mesma cidade em que morava enquanto nos EUA. Ela nao gostava muito de conversar com ele. Ele tinha um ar de garoto mau. Ela mesma deu o pe pra tras com esse rapaz. Nas conversas pelo pate papo ela so respondia monossilabicamente e o basico de tudo. Nao dava muitas informacoes e nem puxava muita conversa como costumava fazer. O nome desse rapaz era Bernardo. Um dia, eles estavam conversando sobre musica e saiu o assunto do tipo de musica que gostavam. Nossa! Foi como um passe de magica! As conversas se tornaram mais interessantes e cheias de vida. Bernardo convidou Violeta para sairem pra baterem um papo melhor. Violeta ainda tinha um certo receio em conhece-lo, afial ele era alguem que ela nao conhecia. Ela, como de costume, convidou as amigas para irem junto. Mas nenhuma delas poderia. Ela sempre inventava uma desculpa: "tenho que trabalhar", "hoje estou muito cansada". Ate que um dia, cansada de dar desculpas e de sempre as amigas nao quererem conhecer gente nova, Violeta diz sim para sair com Bernardo. Ele mostrou a ela a cidade. Ela achou tudo deslumbrante, exceto o charme de Bernardo. Achou ele muito malandro, assim como achava antes de conversarem das musicas prediletas. Mas no mais, tudo foi uma maravilha. Conversaram demais e no fim de tudo, Violeta tirou um pouquinho esse pensamento de malandro da cabeca. Bernardo e Violeta sairam outras e outras vezes. Em uma festa bem popular do pais, Bernardo tentou roubar um beijo de Violeta, mas ela nao deixou ele fazer isso, afinal ela tinha um "namorado" no Brasil que nao aceitava o fim do relacionamento. Ela ainda se sentia presa a Ricardo. Nesse mesmo dia Bernardo fez com que Violeta o beijasse. Ela ficou a noite inteira se sentindo mal, com o pensamento em Ricardo. Resolveu entao ligar para Ricardo no dia seguinte e terminar de vez com o que a perturbava. E assim fez. Se sentiu mal por Ricardo e bem consigo mesma de ter essa coragem! UFA!!! Ela pensou que ja poderia beijar Bernardo sem pensar no Ricardo. No dia seguinte, Bernardo a chamou para um jantar. Foram e finalmente teve aquele beijo sem o ex (sim agora sim ex!) na cabeca. Ela enfim ficou feliz, mas ja estava se sentindo mal novamente por ter beijado alguem assim tao rapido. Mas ela desencanou. Saiu com mais frequencia com o seu novo "namoradinho". Ele ja queria algo mais. Chamava ela pra ficar um pouco com ele na casa dele. Deitavam juntos na cama. E ele sempre querendo mais. Violeta sempre dizendo nao para tudo. Sempre tinha uma desculpa para falar. Bernardo sempre levando-a a lugares novos. Violeta estava deslumbrada com tudo. Ela comecou a gostar dele. Sairam juntos, com alguns amigos, no dia do aniversario de Violeta. Foi o primeiro dia que Violeta dormiu na casa de Bernardo. E foi nesse mesmo dia que ela nao tinha mais desculpas para dar. Nem ela mesma queria dar mais desculpas. Ja estava se contendo alem do que podia. No dia seguinte, ela voltou pra sua casa ja com uma promessa de jantar com Bernardo. Jantaram juntos num lugar maravilhoso, ela gostou muito. Foi mais uma vez para casa de Bernardo sem nenhuma desculpa para dar a ele. Apos o momento alucinante, Bernardo resolveu que ja estava na hora de mudar de status de solteiro para namorando. E escolheu Violeta para assim o fazer. Ela estava super feliz com o que estava acontecendo na vida dela. Apos cinco longos anos de namoro com Ricardo (2 deles ja sem amor algum), ela se apaixona por uma outra pessoa. Ela estava com um pouco de receio e medo. Receio de amar novamente, medo de plantar o amor dentro de alguem novamente e passar por tudo de novo. PAssou noites e noite pensando. Pensou no que daria esse relacionamento e ja teve a resposta: em nada ja que ela tinha prazo em estar nos EUA. Penso no caso se poderiam namorar a distancia: nao gostou da ideia por nunca ver algum relacionamento a distancia dar certo. Mas tentou esuqecer isso. Em vao. Foi passar as ferias com seus pais no Brasil. Essa distancia foi muito importante para o belissimo casal. Assim que ela resolveu romper com Bernardo e desistir de voltar de suas ferias, Violeta percebeu que era tarde demais. Ja gostava intensamente de Bernardo, mas tinha quase certeza que nao era amor. Quando voltou morta de saudades do seu ser quase amado, Bernardo resolveu confessar o seu amor por sua amada. Violeta ficou sem acao, ja sabendo que seu medo se tornou real! Ela nao esperava isso, nao queria ter plantado a semente do amor novamente em alguem! Mas depois bem, pesou por um tempo e viu que estava super feliz e esqueceu o medo e receio que tinha. Se libertou e amou e foi amada. Mas, para mais uma infelicidade de Violeta, ela descobriu que o amor de Bernardo nao era tao maduro e seguro assim. Ela descobriu por meio de terceiros que Bernardo estava tento um caso com alguem alem dela. Ela resolveu viajar para acalmar e reorganizar os pensamentos. Foi para Cleveland, Detrit e Chicago com duas amigas. E nada de seus pensamentos endireitarem. Nada na viagem dava certo. Ate carro guinchado tiveram. De viagem, Violeta passou a chamar de pesadelo. Ela queria logo despertar e ver que tudo era um sonho. Na propria viagem recebeu uma ligacao, no momento ela achou que fosse a garota com quem o seu namorado estava se relacionando, afinal sabia muito detalhe dos encontros. Ate e-mail Violeta recebeu como alerta de que Bernardo a estava traindo. Violeta chegou de viagem, foi para a despedida de uma amiga e passou na casa de Bernardo para resolver o problema. Ao ser indagar sobre o relacionamento paralelo, Bernardo negou. Ele estava muito agitado e tremulo. Ate que Violeta mostrou o e-mail que havia recebido e pediu satisfacao. Ele em fim confessou tudo o que havia ocorrido. Pelos detalhes, Violeta quase nao tinha duvidas de quem vinha essas ligacoes e e-mail. Ela achava que era a propria "amante" de Bernardo, enquanto ele achava ser a sua ex namorada. Enfim. Violeta nao estava nem ai para quem estava mandando, mas estava preocupada com o relacionamento. Ela perdeu o chao. Amava muito! Estava muito decepcionada com o que tinha acontecido. Ela deixou o tempo passar, ja tinha perdoado Bernardo, mas nao estavam se vendo ainda. Ate que ela o aceitou de volta. Ela nao conseguia esquecer os fatos. Ao beija-lo, imaginava-o beijando a garota, quando o abracava, pensava ele abracando a garota, quando eles estavam juntos na cama, ela pensava nele na cama com a outra. Ela realmente nao aceitava essa situacao e nao sabia se ele estava ainda se encontrando com a garota ou nao. Que situacao! Ela nao conseguia controlar a lingua, asacoes e nem os pensamentos. Ate que Bernardo nao aguentou mais e resolveu terminar. Ai mesmo que os pensamento de Violeta afloraram: "ele ainda estava com ela e me trocou... ele ainda estava seencontrando todo esse tempo com ela!! Como ela aceita sair com ele sabendo que ele tem namorada?" E cada vez mais pensamentos saiam de sua cabeca. E ela ainda recebia ligacoes e e-mails. E ai mais ainda ela achava que a amante de Bernardo estava envolvida nisso tudo. Quem mais poderia saber tanto detalhe de encontros? Bernardo continuava afirmando que era sua ex. Ela deixava Bernardo com os pensamentos dele. Afinal ela estava preocupada no amor que ele dizia ainda sentir e no que estava queimando em seu coracao. Pobre Violeta! Sofrendo tanto sem os pais e amigos! essa foi a epoca em que ela deveria estar ja voltando para o Brasil. Mas preferiu ficar mais um ano por causa do amor que sentia. Ela se arrependeu tanto de tudo nesse intercambio! Arrependeu-se de ter se dado a chance de ter conhecido alguem, de ter deixado fluir amor. de ter perdoardo a traicao de Bernardo e, por fim, de ter decidido ficar mais um ano por conta de Bernardo. A vida dela girava em torno desse amor! Ela descobriu que nunca tinha amado na vida! Que o que sentia por Ricardo era apenas um sentimento qualquer. Pobre Violeta. Estava com o coracao despedacado. Ainda bem que ela tinha amigas. Teria que enfrentar mais um ano sofrendo pelo seu amor perdido e desperdicado. Ela nao estava vivendo bem, mal conseguia se alimentar! Seu pai entao resolveu mandar dinheiro e ela poderia comprar a passagem de volta para parar com esse sofrimento mortal! Porem, nesse meio termo, Bernardo comecou a mandar poesias para ela. Ela era uma verdadeira amante de poesias! Ela se impressionou com as poesias que Bernardo fazia. Eram poesias autenticas!

TO BE CONTINUED....

Ana Raquel Melo Cutrim

Nenhum comentário: