segunda-feira, 13 de julho de 2009

12 de Julho de 2009 (domingo)

Acordei cedo (hahahhaa). Conny me ligou perguntando se eu a buscaia mesmo.... claro q buscaria.... e a Luina tb perguntou...a buscaria tb... ai, fui ligar pra Paty se ela iria comigo... ela disse que nao... tudo bem (tudo bem a porra)... me arrumei e pronto... fui buscar as meninas... colocamos gasolina ... foi bem tranquila a ida... a Conny ta indo embora em 2 semanas pra ohio e em mais 2 pra Colombia... que ela se de bem na vida.... Luina vai embora em agosto... eu vou embora nem sei quando... ficamos conversando sobre isso a ida inteirinha... foi bem bacana ... ao chegar, senti que nao deveria ter ido... afinal, nao teve meeting, foi so um get together de au pair, pq a Mimi nem deu bola pra gente... ficou conversando com as familias e au pairs novos.... conheci o Thiago (o au pair novo) pq meu Thiago ja conheco um pouquinho...so um pouquinho... falie pra mimi que eu ja estava indo embora... nao aguentava mais ficar ali... estava horrivel.... deixei as meninas, fui no Thiago deixar o GPS dele e vim logo embora...estava morta de cansada... com muita dor de cabeca... pensando em milhares de coisas ao mesmo tempo,e o Thiago ainda vem me falar uma coisa que me fez pensar... nao sei me fez pensar besteira ou pensar na verdade... ams pensei e isso nao saiu da minha cabeca... cheguei em casa a Linda e familia ja estavam aqui... ela me contou da viagem... enm falei rpa ela que patricia nao trabalhou no sabdo... acho q a Patricia nao queria ir e nao queria falar que nao queria... talvez tivesse uma coisa mais importante do que ir comigo... afinal, essa viagem era importante somente pra mim... pra ela nao faria diferenca nenhuma... agora ja sei com quem posso contar aqui nesse pais... talvez nem com quem eu penso que posso contar, posso na verdade...
AAinda bem que eu tenho meus menininhos... Johnny e Charlie... eles falam o que sentem e nao me enganam..... sao criancas e criancas sempre vao ser criancas... nao quero que eles crescam... mas isso eh impossivel... quando eu cheguei em dasa, eles sairam correndo de onde eles estavam e me deram um abracao muito gostoso, como se eles soubessem que era so isso que eu estava precisando quando cheguei.
Ana Raquel

Nenhum comentário: