segunda-feira, 12 de setembro de 2011

eu te amo é sim bom dia

Alguém já ouviu falar na inversão de valores? aquelas práticas erradas que, de tanto serem praticadas, já viraram certas? não somente práticas, coisas também... coisas que acabam virando as verdades vigentes. já sabem? ah sim... também lembrei aqui de algumas.
Engraçado, né? Durante muito tempo (atrás) o amor era considerado uma coisa bem séria. Para alguém falar um "EU TE AMO" bem significativo para um outro alguém era preciso ser realmente de verdade. Hoje em dia eu acho que não é mais assim. o eu te amo de hoje é sem todo aquele significado que há anos atrás ele tinha. Todo mundo hoje profere essa frase tão facilmente e para qualquer pessoa que, quase sempre, soa sem significado nenhum. Parece até mesmo que é falado sem propriedade. Sei que muitos não tem culpa de não saber o real significado desse significante, já que os valores já estão um pouco esquecidos.
Pois bem. Estou eu com esse rapaz pouquíssimo tempo, mal deu para nos conhecermos direito, não sei muito sobre ele e, na verdade, não sinto absolutamente nada por ele (mais uma inversão de valor aí). Mas me permiti estar com ele. Já que minhas amigas dizem muito para eu me dar oportunidades de "passar do passado", resolvi inverter esse valorzinho de "estar com quem eu gosto"... já que é indubitavelmente impossível eu estar com tal. Pronto... passaram alguns dias ou meses (não me importo nenhum pouco que nem sei quanto tempo faz) e PAM!!! Escutei um eu te amo... foi a pior coisa que eu já escutei em toda a minha vida.
Comecei a tremer e a chorar.... fiquei sem saber o que fazer.... e eu não fui a única sem ação alguma... o carinha lá ficou sem entender o meu choro que, estava na cara, parecia ser de terror e não de alegria. Me senti extremamente péssima e comecei a explicar. Falei do eu te amo, falei que super acredito no amor e que ele existe sim, mas não do jeito que ele quer que exista, ainda mais sem nos conhecermos e talz, falei de tudo o que tem acontecido comigo e contei toda a verdade que não gosto dele, que estava com ele por me deixar permitir gostar de alguém possível.
e aí lá vem ele falar de coisas que não quero nem ouvir, por enquanto...
As vezes acho que os valores dele não foram invertidos... mas para mim eles parecem sim invertidos... e, pensando assim, me sinto menos culpada em aflorar o que não devia em alguém.
Mas para mim, segundo meus valores, isso é sim um BOM DIA!
Amo voce!

Nenhum comentário: