quarta-feira, 3 de agosto de 2011

E ainda existo?

Sou eu, mas não realmente eu.
Sou eu por estar meu corpo ali.
Sou eu por estar presente.
Presente mesmo???
Sim, mas corporeamente.
E a alma?
E o coração?
Ora! E existem tais coisas?
Existem alma e coração?
Creio dubiamente que não.
Experiencias vividas,
vida desvivida,
vida interrompida.
Afirmo realmente,
afirmo dubiamente...
Será?
Não sei ainda...
Existe o corpo sim.
Alma e coração...
Hum... talvez não!
Digo que não os tenho mais...
O coração se foi...
E a alma também.
Vivo de corpo cegamente...
Vivo esse corpo não bem contente.
Coração e alma no além.
Vida embora, mas e porém,
vivo separada!
Separada do coração e alma...
Assim nunca estou presente.
A vida se constitui do que falta.
Falta tudo para mim...
Por isso não estou aqui presente.

Raquel

Nenhum comentário: