domingo, 28 de agosto de 2011

Fortune teller

Alguém acredita mesmo em vidente? Aquela pessoa que lê a mão, ver cartas, búzios e tarô?
Muitos recorrem... todos vão lá por uma razão.... geralmente por falta de felicidade...e essa falta de felicidade é geralmente causada por desilusões sem decisões.
Tenho andado meio atordoada... tinha pedido demissão da wizard para ter mais tempo livre para mim mesma, mas chegou uma proposta quase que irrecusável... aquelas de trabalhar pouco e ganhar 4 vezes a mais do que vc ganhava, sabe? Pois bem... acabei aceitando... fiquei tentada e aceitei... estou gostando muito.... mas e aí, recebi outra proposta... uma de aumentar minha carga horária na Maple Bear... estava com tempo sobrando... mente meio desocupada... estudando... em desconcentrando... nao gostando do que estudo... começava a pensar no que não deveria e voltei a todo o meu estágio em que eu estava no início do ano... mais uma vez fui tentada a aceitar a proposta... e agora??? Preenchi todos os meus horários novamente... mas com uma diferença... está SUPER recompensador... um retorno monetário 5 vezes melhor do que o do primeiro semestre...e ainda tenho 2 dias da semana com 1 turno de folga :) pronto... voltei com toda empolgação... e aí eu fiquei pensando na maravilha que foi eu pedir para sair de um lugar que me escravizava... que trabalhava além do que deveria sem nenhum reconhecimento... mas aí voltei a nao ter mais muito tempo para mim mesma... pelo menos tenho os 2 dias na semana que posso fazer os meus projetos e ler mais sobre mestrados... o que estão em tirando muito do sério...
E por onde é que fica a cartomante no começo da história??? Entao... nao que eu fui la na mulher... na verdade, nem mulher tem nessa história... nao fui a fortune teller... ela que veio até a mim... ela nao... ELE...
Ontem chegou um rapaz (ele ja estava me olhando por muito tempo) e pediu para ler minha mão... eu deixei... que mal teria em saber um pouco do meu futuro, pensei.... e entao ele começou do meu passado... citou os acontecimentos mais importantes que ocorreram nos últimos anos e depois começou a falar do meu futuro... não que eu acredite... mas o fato de ele ter citado acontecimentos importantissimos e marcantes do meu passado fez com que eu pensasse que tinha um certo sentido no que ele me dizia... fiquei um bom tempo pensando em tudo... mas depois desencanei...
Mas... acho q nem com quem acredita acontece.... mas vai lá saber... sou muito incrédula...

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Hoje poderia ser o dia mais feliz da minha vida, mas nao é e não será. até sonhos que nao deveria ter hoje, tive.
Tentei não pensar nisso, mas não consegui. estou com a semana sem trabalhar... o médico me deu 1 semana de repouso, nem me distrair com o trabalho posso... ja assisti 5 filmes. Ja tentei me concentrar em livros. Meus pensamentos fluem sem organização.
Fico feliz pelos amigos e pais maravilhosos que tenho.

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Wise Bob

"You may not be her first, her last, or her only. She loved before she may love again. But if she loves you now, what else matters? She's not perfect - you aren't either, and the two of you may never be perfect together but if she can make you laugh, cause you to think twice, and admit to being human and making mistakes, hold onto her and give her the most you can. She may not be thinking about you every second of the day, but she will give you a part of her that she knows you can break - her heart. So don't hurt her, don't change her, don't analyze and don't expect more than she can give. Smile when she makes you happy, let her know when she makes you mad, and miss her when she's not there."
— Bob Marley

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

E ainda existo?

Sou eu, mas não realmente eu.
Sou eu por estar meu corpo ali.
Sou eu por estar presente.
Presente mesmo???
Sim, mas corporeamente.
E a alma?
E o coração?
Ora! E existem tais coisas?
Existem alma e coração?
Creio dubiamente que não.
Experiencias vividas,
vida desvivida,
vida interrompida.
Afirmo realmente,
afirmo dubiamente...
Será?
Não sei ainda...
Existe o corpo sim.
Alma e coração...
Hum... talvez não!
Digo que não os tenho mais...
O coração se foi...
E a alma também.
Vivo de corpo cegamente...
Vivo esse corpo não bem contente.
Coração e alma no além.
Vida embora, mas e porém,
vivo separada!
Separada do coração e alma...
Assim nunca estou presente.
A vida se constitui do que falta.
Falta tudo para mim...
Por isso não estou aqui presente.

Raquel