sábado, 29 de janeiro de 2011

DIAS DA VIDA DE VIOLETA (Parte 4)

Certo dia, um dos dias em que estava tentando arrumar algo para poder ficar mais tempo com Bernardo ela perdeu a cabeca. Estava indo a uma entrevista em uma das faculdades que poderia entrar para pegar o visto de estudante e estar mais tempo com o namorado. Nem ela entendeu direito o que aconteceu. Sei que ela colocou na cabeca que nao estava sendo valorizada devidamente, achava que Bernardo nao fazia questao de ve-la ou te-la por perto. A entrevista foi bem perto da casa do seu amado, ela ja estava atrasada e ele nao pode ir com ela, por ela nao ter tempo suficiente para busca-lo, apesar de a casa ser bem perto da faculdade. Dentro desse instante, Bernardo perdeu contato com Violeta. Ela tinha na cabeca em ir ve-lo apos a entrevista, ja que estava perto de sua casa. Ao terminar tudo na faculdade, ela fui na casa dele. Tentou ligar, mas ele naoatendeu, mandou mensagem e ele so foi responder depois que ela ja havia ficado muito chateada e dirigido pra casa. Chegou em casa bufando pelos olhos, ouvidos e nariz! Nunca havia ficado tao zangada. Acho que todas as zangas juntaram, a monotonia do relacionamento os pensamentos que que circulavam a sua cabeca. Ela ficou muito chateada e resolveu conversar e desabafar com alguem para saber se tudo isso seria normal ou era coisa cultural. Ela procurou a pessoa menos indicada para salvar seus pensamentos: Rob! Apos muito tempo que Rob estava tentando falar com ela, apos muito tempo de ele, aparentemente, ter desistido de tentar algum tipo de contato com Violeta, ela escreve uma mensagem para ele falando de o quao importante seria falar com ele naquele exato momento. Mas em vao. Ele ja havia realmente esquecido e decidido ignora-la de vez. Ela nao obteve nenhuma resposta. Ficou muito triste por isso, por nao ter a atencao de seu amado e nem a de Rob. Ela esqueceu toda situacao e resolveu deixar levar a vida como ela quisesse ser. mas Bernardo vivia vendo celular e computador de sua amada, possivelmente para ver algo que lhe desse razao para terminar com o relacionamento. Ele parecia tambem nao satisfeito com tudo. Um relacionamento de dois insatisfeitos, nao iria muito longe, assim pensou Violeta. Mas ela tinha muito amor ainda em seu coracao. Nao imaginava sua vida sem Bernardo apesar dos pesares. Um belissimo dia, onde eles estavam melhorand a rotina, Bernardo resolveu ver o computador de Violeta que estava dormindo. Ah!!! Que desgosto!!! Ele viu que recentemente Violeta havia falado com ROb. Seu coracao caiu no chao! Ele nao falou nada ate entao para a sua amada e ficou imaginando a razao de ela te-lo procurado mais uma vez. Passaram varias coisas em sua cabeca: pensou que ela teria ido pra cama com Rob, pensou que os dois mantinham um relacionamento secreto, pensou em todas as possibilidades de uma possivel traicao fisica. Mas nao. Violeta nao pensava em trair, pensava em ter atencao, pensava em entender Bernardo, mas infelizmente escolheu a opcao mais perigosa. Ao acordar, viu seu namorado com um ar de tristeza e resolveu perguntar o que estava acontecendo. Ele perguntou sobre Rob e se ela havia falado com ele recentemente. Mas ela resolveu assumir que falou sim com ele, mas nao obteve resposta. Isso doeu muito nela, em ter feito isso e ainda nao haver resposta. Bernardo ficou super desiludido e se sentiu traido. Nao sabia o que fazer, se perdoaria ou nao. Ele sentiu seu coracao bater mais forte e teve medo de perder sua amada. Havia sim amor naquela relacao. Ele a perdoou. Violeta se sentiu muito mal apos tudo isso, se sentiu culpada e estava sentindo tudo desmoronar debaixo dos seus pes. Ela sentia que o namoro nao duraria muito mais tempo. Ela ficou sim muito chateada em saber que seu namorado aproveitava enquanto ela dormia para ver as suas coisas, sua "privacidade". Ele tanto foi atras que achou. ela se culpava do enfraquecimento do amor e confianca. Mais uma vez ela sofria.
O triste casal resolveu fazer mais uma viagem juntos. Dessa vez tudo por conta de Violeta. Ela teria que fazer um teste, mas nao queria ir desacompanhada. Os dois foram para Nova Iorque de onibus. Violeta fez sua prova, voltou para o hotel e ficou com seu amado. Violeta estava em seu periodo menstrual e entao resolveram fazer amor sem nenhum tipo de protecao. Violeta estava feliz apesar das brigas. Foi uma boa viagem, mesmo sem conhecerem a cidade direito. Voltaram para a cidade onde moravam e a rotina continuou, ela trabalhava e ia ver seu amado em agumas noites. em uma dessas noites entes do natal, apos fazer compras e apos um maravilhoso tempo no quarto de Bernardo, ela viu o rosto do seu namorado e viu que havia algo de errado. Resolveu perguntar o que estava acontecendo, se era relacionado ao namoro. Ela, ja nervosa, falou que se fosse para nao estarem mais juntos, que terminassem ali mesmo. E assim Bernardo decidiu, resolveu dar fim ao belissimo romance que tiveram. Violeta ficou arrasada. Muito mais ainda por nao entender o termino se havia amor. Ela o amava, ele falava que a amava. Isso nao fazia sentido para ela. Mas a relacao ja estava sem confianca e ela nao teria tempo de reconstrui-la. Na volta para sua casa, ela comprou um teste de gravidez de farmacia no supermercado. Ela ja desconfiava da gravidez. Ha dias sentia enjoo e viu q sua menstruacao nao tinha dado sinal que viria. Esperou ate a amanha seguinte para fazer o teste. Deu positivo. Resolveu fazer o outro que veio junto no meio da tarde. Deu novamente positivo! Ela entrou em panico e desespero. Nao sabia o que fazer e nem pra quem contar.

Nenhum comentário: